Para ficar de olho: 5 golpes mais aplicados na compra de veículos pela internet

Cuidados ao dirigir na neblina
21 de julho de 2022
Dicas para ser fera no volante
27 de julho de 2022

Compras online têm se tornado algo cada vez mais comum na vida dos brasileiros. Mas, junto com a praticidade, também cresceu o número de golpes aplicados nos consumidores.

Confira abaixo alguns golpes usados na hora de vender veículos online:

Anúncio clonado:

Campeão de ocorrência, o golpe do anúncio clonado é quando um criminoso utiliza fotos e informações de um carro real, anunciado por uma pessoa ou loja. Por isso, quando o interessado pesquisa a placa, encontra informações adequadas. O golpista normalmente oferece um preço mais interessante e, se o interessado pedir para ver o veículo pessoalmente, inventa uma desculpa. Para não cair nesse golpe, nunca pague por um carro sem vê-lo pessoalmente antes.

Golpe do sinal:

Alguns bandidos são menos ambiciosos, a intenção não é nem levar o valor de um carro, mas do sinal. Eles publicam ofertas vantajosas e, quando aparece algum interessado em ver o veículo, pede que ele deposite um sinal, argumentando que há vários interessados. Após o depósito, somem e o comprador acaba perdendo o dinheiro investido. A dica para evitá-lo é nunca realizar nenhum tipo de pagamento antes de ver o veículo, principalmente na conta de terceiros.

Carta de crédito contemplada:

Entre os golpes criativos, está o do consórcio contemplado. O vendedor anuncia que foi – ou conhece alguém que foi – contemplado em um consórcio automotivo, mas não tem interesse em usar o crédito. Nessa modalidade, o criminoso exalta as vantagens do consórcio, que pode ser mais barato que um financiamento, mas novamente, depois de pagar o sinal, o comprador não recebe o prometido.

Funcionário da montadora:

Em casos mais bem estruturados, o golpista mostra documentos falsos, como notas fiscais, e o interessado até recebe supostas ligações da montadora confirmando a compra – feitas por outros membros da quadrilha. Ao pagar o sinal, ou mesmo o carro completo, os bandidos somem e o comprador percebe que caiu em um golpe.

Carro com sinistros ocultos:

Outro golpe recorrente, aplicado em consumidores desavisados, é quando o vendedor até entrega um carro real, mas esconde do comprador sinistros ocultos, como batidas, roubos ou leilão. Por isso, mais uma vez é importante ver o carro pessoalmente e verificar junto com o Detran, se ele tem algum tipo de restrição.