4 sinais de que está na hora de substituir as pastilhas de freio do seu carro!

Revisão mecânica: entenda a importância e saiba quando é ideal fazê-la!
Revisão mecânica: entenda a importância e saiba quando é ideal fazê-la!
11 de março de 2020
Polimento automotivo: saiba por que e quando você deve fazer!
Polimento automotivo: saiba por que e quando você deve fazer!
9 de abril de 2020

As pastilhas de freio são itens que sempre precisam estar no melhor estado possível de conservação, afinal, elas são as responsáveis diretas pela frenagem de um veículo e, consequentemente, pela segurança em sua direção! 

Com o passar do tempo, o uso das pastilhas faz com que elas naturalmente se desgastem, o que acarreta em dificuldades para frear e danos em todo o sistema de freio caso sua troca não seja feita a tempo.

Para que você garanta a manutenção adequada desses componentes saiba, a seguir, mais sobre a importância das pastilhas de freio, os principais sinais de que sua substituição é necessária e os meios mais eficientes de preservá-las por mais tempo. 

Por que é importante manter-se atento às pastilhas de freio?

As pastilhas de freio são componentes fundamentais para os sistemas de freio a disco, que fazem parte da grande maioria dos veículos de passeio em circulação. 

O disco de freio, que fica ligado à roda, sofre uma pressão da pastilha quando o pedal de freio é utilizado pelo condutor, fazendo com que a rotação diminua e a frenagem ocorra. 

Com o passar do tempo, as pastilhas acabam se desgastando por conta do atrito que sofrem junto ao disco. A consequência disso é menos eficiência para frear. 

É justamente por isso que pastilhas de freio em bom estado são tão importantes, não só para o desempenho das funções do automóvel, mas principalmente para a segurança do motorista. 

Sendo assim, é imprescindível manter-se atento a eventuais necessidades de troca e optar apenas por produtos da melhor qualidade no ato da manutenção dos freios. 

Produtos de má procedência ou muito desgastados duram menos e estão mais sujeitos a falhas, provocando sérios riscos na estrada! 

No próximo item, confira quais são os principais sinais de que as pastilhas de freio precisam ser trocadas. 

Quais os principais sinais de que elas necessitam de troca?

Normalmente, os fabricantes indicam um período médio para que as trocas das pastilhas de freio sejam realizadas no próprio manual dos veículos.

O problema é que esse tempo pode variar de acordo com o volume de uso do automóvel e até das condições dos locais em que ele circula. 

Por conta disso, é papel do condutor se manter atento a eventuais sinais que possam indicar a necessidade de uma eventual substituição. Os principais deles são: 

Observe as luzes do painel

A maioria dos carros modernos conta com uma sinalização própria no painel para indicar que as pastilhas de freio estão desgastadas. Isso facilita a identificação de problemas e acelera sua resolução. 

É preciso ter em mente, porém, que não basta confiar apenas nas luzes do painel! Caso algum dos sinais que serão mencionados a seguir sejam percebidos sem que elas acendam, a substituição ainda é necessária. 

Fique atento a ruídos estranhos 

Um dos sintomas mais comuns de pastilhas excessivamente desgastadas é a emissão de ruídos quando o freio é acionado. 

Além de sinalizar a necessidade de troca, esse tipo de condição também pode indicar que as pastilhas de freio utilizadas são de baixa qualidade, principalmente quando ela surgir precocemente. 

Em situações menos comuns, como aponta o blog Khronos, esses barulhos também podem ser ocasionados pelo acúmulo de sujeira entre a pastilha e o disco. 

Não importa qual seja o caso: os ruídos sempre são sinais de que as pastilhas não estão operando corretamente e podem afetar a vida útil dos discos de freio, por isso uma visita ao mecânico é sempre necessária.

Observe eventuais desconfortos no pedal de freio

No momento de acionar o pedal, caso ele esteja mais duro para ser pressionado ou apresente um comportamento diferente do usual, é sinal de que as pastilhas estão frágeis e seu atrito com o disco não está suave. 

Nessas situações, como destaca uma matéria do Portal Terra sobre o tema, muitas vezes o condutor também percebe que o veículo leva mais tempo para frear. Em qualquer caso semelhante, é preciso fazer a troca. 

Confira a espessura dos discos

Sempre que você tiver qualquer suspeita de que as pastilhas de freio estão desgastadas, visite um mecânico especialista nesse tipo de revisão para que ele confira a espessura do disco. 

Caso o disco de freio apresente menos que três milímetros de espessura, é sinal de que a pastilha está provocando um atrito excessivo por conta do desgaste, prejudicando a frenagem e a integridade do sistema. A troca é necessária nesse caso.

Agora que você já sabe quais são os principais sinais de que as pastilhas de freio precisam ser trocadas, confira, no item a seguir, quais os melhores meios de fazer com que elas durem mais! 

Como aumentar a durabilidade das pastilhas?

Trocar as pastilhas de freio é indispensável sempre que algum dos sinais mencionados anteriormente sejam percebidos. 

Existem, porém, alguns cuidados básicos que podem ser adotados pelos motoristas para que elas durem mais e sua substituição seja menos recorrente. Confira: 

Troque o fluido sempre no prazo indicado

Quando pressionamos o pedal de frenagem, é o fluido de freio que transmite essa pressão até a pastilha, fazendo com que ela entre em atrito com o disco. 

Com o passar do tempo, suas propriedades especiais são perdidas, por isso os fabricantes indicam que sua troca seja periódica. 

Caso esse cuidado seja negligenciado, o carro passa a frear de maneira inadequada, o que afeta diretamente componentes como as pastilhas de freio. 

O indicado é que o fluido seja trocado em uma média de 10 mil quilômetros rodados, mas esse número pode variar de acordo com as características de cada veículo.

Não carregue pesos excessivos

Tanto caminhões quanto carros de passeio sofrem danos quando o seu limite de peso não é respeitado.

Além de problemas na suspensão, todo o sistema de freio pode ser comprometido, já que, quanto maior o peso, mais força é exigida para que as rodas sejam paradas. 

De acordo com matéria do blog Frasle, com excesso de carga, é preciso que os freios sejam acionados com mais intensidade e por um maior período de tempo, acarretando em maior desgaste das pastilhas e, consequentemente, em uma menor vida útil delas.

Utilize o freio motor quando possível

Para que o desgaste das pastilhas não seja constante, é indicado que o freio motor seja utilizado sempre que possível. Isso pode ser feito por meio da diminuição das marchas do carro para que sua velocidade seja reduzida. 

É importante manter o veículo engatado principalmente em descidas. Além de evitar o excesso de desgaste das pastilhas de freio, isso contribui para um maior controle do automóvel.  

Você já conhecia a importância das pastilhas de freio, os principais sinais de que elas estão desgastadas e as melhores formas de preservá-las? Se ficou com alguma dúvida sobre o assunto ou precisa trocar as pastilhas do seu carro, entre em contato conosco e agende a troca!